terça-feira, 21 de outubro de 2008

Motivação

Ae moçada, hoje (minutos após o primeiro post), vou falar sobre o que me motivou e continua motivando a correr. Há muito tempo, com 1,78m e 94Kg, eu tinha (apenas na minha cabeça), vontade de emagrecer.
Já tinha visto inúmeras vezes reportagens em revistas e televisão sobre os benefícios da atividade física. Mas vinha empurrando o início desta atividade física com a barriga (literalmente) por muito tempo.
A desculpa principal era sempre a falta de tempo. Moro em Jaraguá do Sul, trabalho durante o dia com desenvolvimento de software em Blumenau (65Km), leciono a noite em Guaramirim (10Km) três vezes por semana (no semestre passado eu tinha aula todas as noites). Só sobra mesmo o fim de semana e terça/quinta a noite (dias em que não tenho aula).
Nos finais de semana procuro dedicar a maior parte do tempo com meu filho, já que "na corrida..." da semana a agenda é super-apertada.
Bom, até outubro ainda não tinha corrido nenhuma vez, porque fim de semana é do filhão e as terças e quintas sempre aparece algo pra fazer. Um consertinho aqui, uma preparação de aula aí, uma ida ao supermercado lá, até que um dia intimei minha esposa: olha, de hoje não passa. A gente vai correr de um jeito ou de outro. Novamente nossos planos tinham ido água abaixo.
Na semana seguinte, pedi à minha mãe que cuidasse do Miguel pra gente poder dar início às nossas corridas. E assim aconteceu. Primeiro caminhamos uns 10min pra aquecer e depois iniciamos o trote. Como tenho mais resistência física e muscular do que a minha esposa, baixei o ritmo com ela, reiniciamos trote e caminhada até chegar em casa, até pra motivar ela a continuar a correr comigo.
Acabou que ela acabou machucando o tornozelo e decidiu não correr mais (ela já tinha feito há uns 2 anos uma cirurgia no joelho e o médico recomendou apenas esportes sem impacto). Como ainda sobrou um gás, continuei a correr num trajeto que eu corria há uns 10 anos atrás, de 4,8Km. Resultado: tive que parar umas 5 vezes durante o trajeto por falta de fôlego.
Mais no próximo post.
"Na Corrida...", Knaesel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário