terça-feira, 19 de maio de 2009

Faça seus tênis de corrida durarem mais

Fazer seu tênis de corrida durar mais é desafio mais duro do que percorrer uma prova até o final. Em poucas semanas de uso, os furos começam a surgir, aparecem os descolamentos, o amortecimento já não é mais o mesmo e tudo isso sem falar na aparência, que faz vergonha.
Melhorar esse estado, realmente, não é simples. Mas alguns cuidados podem aumentar a vida útil do seu companheiro de treino, evitando aumentar ainda mais as despesas no final do mês. "Um bom começo é usar o tênis destinado para o esporte somente nos treinos, o que já contribui para reduzir o desgaste", explica o personal trainer e especialista do MinhaVida, Ivaldo Larentis.
Outra dica fundamental está na hora de guardar seus calçados. "Evite as áreas muito frias, que podem favorecer a formação de mofo. Mas manter os tênis no sol, durante o dia todo, também não é indicado: a temperatura alta favorece os descolamentos"
Ignorado, o selo que ensina como proceder durante a lavagem também oferece soluções que são bastante úteis: secar à sombra e aplicar detergentes próprios para calçados melhoram a durabilidade. "Lavar demais também não é uma boa idéia, o tênis de trenó não precisa estar sempre brilhando", afirma Leandro Moraes, gerente de calçados da Mizuno.
Outra dica importante para garantir que seu tênis não estrague fácil é escolher os locais que você vai praticar esportes. Aqueles que não apresentam as devidas condições de treino podem, por exemplo, acabar com o amortecimento do seu calçado. "Além disso, é preciso escolher um calçado adequado para o seu esporte. Jogar vôlei com um tênis feito para corrida, por exemplo, prejudica o amortecimento e aumenta o risco de lesões", afirma o personal.
E quando o assunto é praticar esportes em locais úmidos ou em dias de chuva, a atenção precisa ser redobrada. Os calçados, muitas vezes, são danificados nesses momentos. "Após correr em solo úmido, ou em dias de chuva, é importante secar totalmente o tênis, inclusive as solas. Para acelerar esse processo vale colocá-los perto de uma fonte de calor, mais não em uma secadora, que desgasta demais as fibras do tecido", explica o Ivaldo Larentis.

Sua pisada
Seu tênis está ficando deformado rapidamente? O problema é comum quando você não repara no tipo de pisada. "Quando o calçado respeita o tipo de pisada de uma pessoa, ele se adapta melhor aos exercícios, prevenindo lesões, melhorando a performance e garantindo maior conforto. Certamente, o desgaste diminui", afirma o gerente de calçados da Mizuno.
Para descobrir seu tipo de pisada, existem diversas marcas que disponibilizam uma máquina especial e o teste gratuito pode ser feito nas lojas de calçados. Um ortopedista também pode fazer esta análise.

Na hora de lavar
Na hora da lavagem do seu calçado é preciso ficar atento as recomendações do fabricante. Mas alguns cuidados são únicos e não podem ser deixados de lado, confira as dicas que Leandro Moraes e lave seus calçados sem riscos de estragá-los:
  • Recomenda-se lavá-lo à mão com sabão neutro e secar a sombra, em posição horizontal, sobre uma superfície plana.
  • Nada de lavar a máquina ou usar secadoras: esses processos podem deformar definitivamente o produto.
  • Não deixe os tênis de molho nem pendure no varal. O molho pode causar manchas e o varal deforma o calçado.
  • Não utilize pó ou detergente químico, pois esses produtos podem enfraquecer o calçado, que vai se desgastar mais facilmente.
  • Se a palmilha do seu tênis for removível, lave-a separadamente. Os cadarços também devem ser limpos da mesma forma.
  • Para que você evite a lavagem contínua dos tênis, uma dica é não usar o mesmo par todos os dias.
Hora de trocar
Mesmo tomando os devidos cuidados, chega o momento de trocar o calçado. Mas não só a aparência é responsável pelo alerta, de acordo com o gerente de calçados da Mizuno. "O desgaste da sola, principalmente da composição de borracha, e as fissuras ou deformações presentes no tênis são os principais sinais de que é hora de comprar um novo par", afirma.
Outra dica é reparar se as dores estão presentes, principalmente na região das articulações. "Quando o calçado não está mais apresentando um amortecimento bom, o aluno sente mais impacto durante os exercícios, em conseqüência disso as juntas e as articulações ficam doloridas. Esse é um grande sinal que é preciso optar por um novo modelo de tênis", explica Ivaldo Larentis.
---
Comentário: Até hoje, em todas as lojas que fui perguntar se tinham a máquina para o teste de pisada, poucas tinham, e as que tinham as máquinas estavam com defeito. Acho que o jeito é ir pra uma cidade um pouco maior do que as que eu tenho aqui na minha região.
---
Fonte: Portal da Educação Física

2 comentários:

  1. Frank aprovadíssimo o relato de como cuidar do tênis...Muito bom mesmo. Parabéns...
    Olha anote ae mais duas dicas a primeira para quem é corredor que tem que ter mais de um par de corridas, por exemplo aqui em casa eu tenho vários pares de tênis, tenho tênis somente para os treinos e outros que só ponho para as competições, o negócio é revezar os tênis por causar dos impactos.

    Outra dica é vc visitar o blog do meu amigo Régis de Sp para ver valiosissimas dicas sobre como conservar o tênis, acesse:

    http://vivendoecorrendo.blogspot.com/2008/07/como-deixar-seu-tenis-sempre-em-dia.html

    Ahhh sobre o teste da pisada é necessário que vc faça mesmo, pois antes de eu fazer eu só vivia com algumas lesões nos pés, pois eu pensava que a minha pisada era supinada pq gastava a sola da borda externa, dai quando tive a oportunidade de fazer o teste o mesmo deu NEUTRO dai eu questionei a menina e ela me disse o seguinte que nem todos que gastam a borda externa é supinador, não sastifeito refiz o teste da pisada em outro local e não é que o teste se repetiu deu NEUTRO de novo...Dai nunca mais tive lesão no pé comprando o tênis certo.

    Bons treinos camarada,

    JORGE CERQUEIRA
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir