terça-feira, 24 de março de 2009

Reduzir carboidrato é mais benéfico do que reduzir gordura, diz estudo

A dieta de Atkins pode finalmente ter provado sua eficácia: um regime pobre em carboidratos e a chamada dieta do Mediterrâneo ajudam a perder peso mais do que o tradicional corte de gordura do cardápio. É o que concluiu um dos mais longos e abrangentes estudos da área.
A pesquisa comparou as técnicas de emagrecimento e resultou numa grande surpresa: a dieta de baixo carboidrato melhorou o colesterol mais do que as duas outras.
"É uma confirmação", afirmou Abby Bloch, da Fundação Robert C. e Veronica Atkins, entidade filantrópica que divulga a dieta de Atkins e foi o principal financiador do estudo. A instituição afirma não ter interferido nos trabalhos, realizados em Israel.
Vale ressaltar, porém, que todas as três abordagens --baixo carboidrato, pouca gordura e dieta do Mediterrâneo-- auxiliaram na perda de peso e na redução do nível de colesterol.

Regimes
A dieta de baixo teor de gordura --não mais do que 30% das calorias-- reduziu as calorias e o colesterol utilizando grãos, vegetais e frutas. A dieta do Mediterrâneo reduziu calorias, gorduras e colesterol em níveis similares, mas enfatizando carnes de aves, peixes, azeite e nozes.
Já o regime pobre em carboidratos impôs limitação a estes, mas não a calorias ou gordura. Os participantes que seguiram esta dieta apenas utilizaram fontes vegetarianas de gordura e proteína.
O estudo merece destaque não apenas porque durou dois anos (muito mais do que a maioria), mas devido à grande proporção de pessoas que se prendem a dietas (85%). Participaram 322 pessoas, que fizeram suas refeições em um estabelecimento controlado pelos pesquisadores.
O trabalho foi publicado hoje no "New England Journal of Medicine".
Fonte.: Folha Online

2 comentários:

  1. O único probleminha é que nós corredores precisamos de carbo pra correr melhor, mas não podemos comer o que não gastamos..


    Abração!!
    Paulinho Stone
    www.paulinhostone.blogspot.com

    ResponderExcluir